domingo, outubro 28, 2012

Mais um adeus, entre tantos outros.

28.01.2012

Garota, o que eu faria pra te fazer feliz? você tem ideia? imagino que não, já que não tem do meu amor por você; fique sabendo a partir de agora, já que antes eu não pude ou lembrei de dizer, eu faria tudo por nós, faria mais do que tudo por você, “só não queria dizer adeus, é que eu tinha tanto pra contar, eu não queria dizer”, já que eu tive chance e desperdicei eu queria pelo menos poder te ensinar a correr atrás do seus objetivos, só que agora sem mim, queria te ensinar correr atrás dos sonhos pelo mundo a fora, mas até essa chance eu não tenho mais, e aí eu fico pensando no que fazer pra ajudar, até pra me redimir, eu queria poder fazer algo grandioso por nós, e que no fim a gente olhasse o caminho todo e dissesse “enfim, valeu a pena”, mas daí você tem suas escolhas, suas decisões, e é aí que eu sigo pra direita e você pra esquerda; eu adoraria cruzar seu caminho de novo, mas la na frente, pra nesse tempo que eu for caminhar sem você eu fortalecer os planos, muda-los, me mudar, e quando eu te encontrar, eu por em prática, aliás nós, pra mim sempre vai existir o nós, nós querendo ou não, é vital. Te peço que enquanto você tiver no lado de lá, caminhe com fé, com esperança, pra então tudo dar certo, sem  medo, sem insegurança, sem  lágrimas. Lembra que você disse que precisa ter algo pra fazer? então, pega esse tempo e vai colorir, vai brincar, você ainda ta no seu tempo, seja menina, seja você, e não pense em mim, não pense em nós, deixa que eu faço isso, prometo que se for pra ser, eu vou te entregar o que você precisa, mais forte, melhor, então te cuida aí, se cuida por mim, e nesse caso se cuida por nós, e eu vou estar aqui pensando em você, menina, minha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário